Artigos
Influência da mídia na auto imagem

 

Vivemos na era da informação instantânea, da internet em tudo e para todos. As redes sociais tornaram-se referências de comportamento, de estilo de vida, ditando “regras” no vestir, no comer, no que consumir, praticamente uma loucura.

A pergunta que eu gostaria de fazer é: será que todas as pessoas estão infelizes com seus corpos? Será que não é possível uma pessoa viver feliz consigo mesmo, estando saudável mas fora dos padrões estéticos que a sociedade exige?

Comparações levam a julgamento. Julgamentos não desencadeiam atitudes positivas, muito pelo contrário. As pessoas têm corpos diferentes, vidas diferentes. A felicidade não está associada a um corpo perfeito até porque essa perfeição não existe.

A composição corporal de cada indivíduo é única, são fatores genéticos, bioquímicos e ambientais que interagem entre si e resultam no corpo que temos. Estar acima do peso não significa necessariamente que a pessoa está doente, assim como estar muito magro não significa estar saudável. Estar acima do peso ou fora do padrão estético não é fator impeditivo das pessoas viverem, trabalharem, sentirem satisfação com a própria vida.

Mas a comparação, as exigências sobre como ser/se vestir/se portar/se alimentar, são cruéis. Esse comportamento exibicionista e massivo movimenta uma indústria milionária, a da beleza. A beleza que afirma que somos modeláveis: tira aqui, põe acolá. Mudar para se sentir bem, não é um problema. O problema é a falta do controle e a busca por padrões irreais.

Nutricionistas não são emagrecedores de pessoas. São profissionais capacitados a auxiliar as pessoas nessa jornada de busca de saúde, de qualidade de vida e de bem estar.

As mudanças de composição corporal efetivas são consequências de bons hábitos alimentares e atividade física regular, de respeito ao próprio corpo e às sensações de fome e saciedade, de equilíbrio e constância.

Que possamos entender que o respeito é o único caminho efetivo para todas as pessoas viverem bem e em harmonia nas relações que envolvem imagem corporal e tipo físico.

 

Cecilia Almeida Zanardi

Nutricionista CRN 27367

CLÍNICA FECUNDITÀ
Av. Luis Eduardo Toledo Prado, 870
Torre 2 - Salas 319 e 320
Centro Empresarial Iguatemi
CEP 14027-250 - Ribeirão Preto - SP - Brasil
ATENDIMENTO
Segunda à sexta das 8h às 18h
+55 16 3911 8493
atendimento@clinicafecundita.com.br
© 2019. Clínica Fecundità.
Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Opção Comunicação